Resistências elétricas para hidromassagem

Gostou? compartilhe!

O trabalho das resistências elétricas é utilizado em uma infinidade de aparelhos nos dias de hoje, e na maioria das vezes elas cumprem com a sua função com louvor. Elas estão presentes tanto nos aparelhos e utensílios domésticos, quanto nas máquinas e dispositivos industriais, feitos para um alto desempenho e alta durabilidade. E dentre essas aplicações, do dia a dia profissional e pessoal, temos uma utilidade para as resistências elétricas que vem crescendo e se desenvolvendo: a utilização em hidromassagem, tanto em piscinas pequenas, tanques e ofurôs. Esse é um direcionamento comercial das resistências elétricas que recebe mais pedidos a cada ano, já que cresce o número de residências que solicitam a instalação da hidromassagem, e cresce também o uso terapêutico dos banhos e hidromassagens em procedimentos para cura e relaxamento.

Principais características

Uma das principais características da resistência elétrica para hidromassagem é mesmo o aquecimento rápido. Tanto em residências como em clínicas e consultórios, não se pode esperar muito para iniciar o uso da água quente no recipiente, e por isso a resistência precisa ter um início rápido e uma potência excelente. A resistência elétrica para essa finalidade não deixa de ser uma resistência de alto desempenho, já que principalmente no uso profissional, o seu uso requer um custo-benefício interessante, utilizando o mínimo de energia elétrica e convertendo-a em aquecimento rápido e contínuo. E podemos lembrar também que o material deve ser adequado e planejado para essa utilização, já que a resistência ficará o tempo todo imersa e trabalhando a todo vapor. São utilizados normalmente aço ou alumínio com revestimento em teflon, e na maioria das vezes as banheiras e ofurôs industriais são equipados com resistências blindadas, a fim de permitir uma maior segurança e durabilidade ao conjunto.

Um componente que não pode faltar no conjunto da banheira, piscina ou ofurô é o termostato, que permitirá um controle sobre a temperatura da água, que deve ser alterada de acordo com a utilização, conforto do usuário ou mesmo condições meteorológicas. Esse termostato deve também ser confeccionado em material com alta durabilidade e eficiência de uso constante, já que será peça indispensável para o funcionamento da hidromassagem. O painel que contém o termostato pode ser também confeccionado em aço inox, cobre ou latão, com as devidas proteções e isolamento eficiente para o conjunto. Essa é uma peça que pode ser um diferencial no custo-benefício do produto, pois a maioria das manutenções em banheiras e recipientes de água quente não é realizada na resistência, e sim no painel, botões e termostato.

Tipos mais utilizados

Não há um tipo específico de resistência elétrica associada á hidromassagem ou utilizações semelhantes, já que cada fabricante associa o tipo de resistência que acredita ser mais adequada ao seu produto final. Podemos encontrar resistências tipo ebulidor/mergulhão, resistência cônica, resistências tubulares para imersão

(talvez a mais comum) e alguns outros tipos específicos, sendo que a utilização deve ser de acordo com o recipiente e adequada à utilização pretendida. A difusão do calor deve ser constante e uniforme, e a resistência deve ter um funcionamento regular durante e rápido durante o controle do termostato que, em diversos produtos, acionam e desligam a energia da resistência automaticamente, para economizar energia e evitar o superaquecimento da água.

Diferenciais

Existem alguns diferenciais que podem ser muito importantes para o conjunto da resistência e da hidromassagem. E talvez o painel de segurança e controle seja um dos mais importantes. Ele controla a temperatura da água e possui leds indicativos da atividade da resistência, podendo informar qualquer problema que haja nesse funcionamento de forma bem simples. O sistema de auto desligamento, também ligado ao painel de controle, também é um diferencial importante, principalmente para uso profissional e terapêutico da hidromassagem. Ele permite que a resistência seja desligada quando não há mais a necessidade de aquecimento da água, e religa automaticamente se a temperatura fique inadequada para a sua utilidade. Esse procedimento automático economiza energia e também evita que o dispositivo fique sob constante supervisão, conseguindo um funcionamento automático sem qualquer necessidade de operação.

Um dispositivo de leitura da corrente elétrica da bomba é também um dos diferenciais de produtos de excelente qualidade. Ele informa automaticamente qualquer entupimento ou desgaste do rotor e informa quando a corrente elétrica no sistema está acima do normal, prevendo problemas futuros e evitando a necessidade de manutenção posterior. Esse pequeno dispositivo permite um prolongamento da vida útil do sistema em muitos anos, melhorando consideravelmente o custo-benefício.


Publicado em: 14/02/2017

Gostou? compartilhe!